Venilale: guia prático para visitar

IMG_2687.jpgVenilale é uma pequena vila com vistas panorâmicas sobre as montanhas. É um lugar que me surpreendeu pelos seus belíssimos trekking, por entre a floresta tropical de Timor. É um lugar com bonitas paisagens, onde as encostas e os vales são ocupados com socalcos de campos de arroz, agricultura diversa e animais de pasto. Venilale é bastante cénico, recomendo a visita, não só pelas suas paisagens pitoresca mas também por possuir importantes marcos na história de Timor Leste.

COMO CHEGAR:

Venilale é um sub-distrito que pertence ao distrito de Baucau e fica localizado a 30 km de Baucau para sul, na mesma estrada que liga Baucau a Viqueque.

  • Carro/Mota – Teres o teu próprio meio de transporte em Timor é a melhor solução. O país ainda não tem uma estrutura rodoviária que dê apoio ao turista. Não há meios de transporte que te levam aos sítios a visitar.

Se vieres de Díli demoras cerca de 3 a 4 horas.
Se vieres de Baucau demoras 50min.
Se vieres de Viqueque demoras cerca de 1h30 a 2h.

  • Transporte público- Existe uma Biskota (autocarro local) que sai tanto de Díli como de Baucau para Viqueque. Pedir ao motorista para parar em Venilale. Ter em conta que as Biskota saem todas muito cedo das cidades de origem. Ao chegar a Venilale não vais encontrar nenhum transporte público, que te levará aos locais pretendidos, terás que ou andar a pé ou se conseguires pedir boleia (mas não contes muito com esta opção porque não há muitos carros a passar). A partir de Baucau há uma microlete (transporte local) que também te pode levar a Venilale.
O QUE VER:
  • Ponte Natureza:

Este é sem dúvida o ex-líbris de Venilale e até de Timor Leste, um local considerado sagrado pelo povo Timorense. Um trekking de 30 min levar-te-á até à selva tropical de Timor, pelo caminho irás apreciar uma vegetação luxuriante e a formação de piscinas naturais. Um lugar de beleza única, onde a própria natureza se encarregou de construir uma  ponte dando origem a um canal profundo de águas azuis. Aproveita para te refrescar nas águas.
Para visitar o lugar é recomendado ir com um guia local, não só porque o caminho não está identificado como também por ser um local sagrada é necessário um autorização do chefe da Aldeia para o visitar, depois o próprio guia trata dessa autorização.

Contactos de Guias Locais:
– Jonhy – 77277996 (fala inglês)
– Nino – 77571846 (fala inglês)

É conveniente marcar a visita com um dia de antecedência de forma a verificar a disponibilidade do guia. Antes de fazer o passeio combina o preço. Valor de referência 5$ por pessoa. Se um desses guias não estiverem disponíveis pede para te arranjarem uma outra pessoa.

IMG_2667.jpg

– Ponte Natureza – 

  • Águas termais (Be manas Uaicana):

Venilale possui uma pequena piscina natural de água quente. A piscina está cercada por montanhas, belos coqueiros e a água tem a tonalidade de um verde esmeralda.
Combina com o guia e antes de irem à Ponte Natureza passem primeiro por aqui.

IMG_2615.jpg

– Piscina natural – 

  • Escola do Reino:

A escola do reino é um edifício do tempo dos portugueses, foi construído em 1933 e em tempos funcionou como uma escola. Agora o espaço é aproveitado para dar à comunidade o acesso a uma biblioteca, uma sala de computadores e uma sala para crianças.

Ao chegar a Venilale se perguntares aos locais toda agente saberá dizer onde é, ainda assim para se chegar, basta apenas seguir a estrada principal (e única) que atravessa Venilale e chegarás à escola.

IMG_2524.jpg

– Escola do Reino –

  • As “cavernas dos Japoneses” (Fatuk Kuak Hitu)

A caminho de Venilale do lado direito encontram-se cavernas nas paredes da montanha que serviram de esconderijo por parte dos soldados Japoneses a quando da sua presença em Timor, na segunda Guerra Mundial.

IMG_2508.jpg

– Na entrada de uma das cavernas – 

  • Montanha Ariana (Foho Ariana)

Apesar da subida ser íngrime apenas demorás (1h ida e volta) para chegar até ao cume do monte Ariana. Este trekking permite ver bonitas vistas sobre os campos de arroz.
Aconselha-se a ir com um guia.

P12107811.jpg

– Vista do alto da montanha – (foto retirada do google)

  • Lago Baha Mori

Este é um lago repleto de animismo. O povo acredita que uma mulher vive no fundo do lago. Superstições à parte o lago é um local bonito. e merece uma visita.
Aconselha-se a ir com um guia.

116945340.jpg

– Lago Baha Mori – (foto de Traino in biodiversity)

  • Mercado tradicional

Se estiveres de passagem por Venilale numa quarta ou num Sábado aproveite para visitar o mercado tradicional de rua. É um excelente oportunidade para ver a venda de diferentes produtos locais, aproveita para comprares umas bananas para comeres enquanto estiveres a fazer os trekkings.

ALOJAMENTO:
  • . Mazzarello Guest House – Também conhecido como “As Madres” este convento oferece estadia em quarto espaçoso, simples e limpo. Servem refeições.

Preço por pessoa – 10$
Pequeno almoço – 3$
Almoço/Jantar – 5$ cada
Contacto para reservas – 77238470

  • Campismo – Se quiseres acampar deves sempre perguntar a alguém onde o podes fazer de forma segura.
OUTRAS DICAS:
  • Traz sempre contigo uma garrafa de água e alguma comida (fruta, pão, etc).
  • Se quiseres passar a noite em Venilale tem em conta que estás na montanha e as noites são frias, por isso é conveniente ter roupa mais quente.
  • Para obter mais informações visita o site http://venilale.com/

 

Com estas orientações espero que consigas disfrutar Venilale 🙂

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s