O suposto dia de regresso…

A esta hora devíamos de estar a fazer a mala, entregar a chave do quarto na recepção e preparar-nos para regressar a casa. O nosso regresso foi planeado há 6 meses a atrás para ser hoje (11.02.2016). Mas hoje o dia chegou e nós não fizemos as malas, nem entregamos a chave do nosso quarto, hoje estamos apenas a ver as horas a passar, e a hora do nosso voo já passou. Quando ainda estávamos em casa imaginei como iria ser, o dia do nosso regresso, provavelmente teríamos logo uma recepção calorosa no aeroporto, seríamos recebidos com apertados abraços e eufóricas perguntas, imaginei que seria um turbilhão de sentimentos, partilhados por nós, família e amigos. Imaginei como seria bom voltar a jantar com os amigos e contar-lhes toda as nossas experiências, imaginei o quão bom seria regressar a casa e sentir todo o calor e conforto. Imaginei muita coisa para o dia do nosso regresso. Mas também e ainda quando estava em casa, imaginei como seria se não voltasse…. se adiasse-mos o nosso regresso…. se prolongasse-mos a nossa experiência…. a nossa felicidade de viajar…. E a vontade de continuar é grande, mais uma vez escolhemos o que neste momento nos está a fazer feliz, o que nos está a realizar pessoalmente. Estamos fortes e conscientes do que estamos a fazer, mas se na primeira vez sentimos calor/frio com a decisão de partir, hoje sentimos ainda mais com a decisão de não regressarmos já…. Havemos de nos juntar todos, de estarmos juntos e reunidos mas não para já…..Porque para já queremos viver esta oportunidade, esta que tanto sonhamos e que sabemos que só acontece uma vez na vida e nós não queremos nem pudemos desperdiçar-lá….

Vamos continuar com o nosso sonho mas agora sem data de regresso…..

IMG_6139.jpg

Esta foto foi tirada numa das nossas viagens de moto em Lombok quando passávamos por uma aldeia e estas jovens pediram para tirarmos uma selfie com elas. São momentos como estes que nos fazem continuar!

Com amor,

Katy&Ricardo

 

Anúncios

2 responses to “O suposto dia de regresso…

  1. Olá! Se soubessem o impacto q as vossas palavras tiveram em mim! Do blogue do “para onde” fui ter à partilha da vossa experiência aí em Timor… E revi me tanto nas vossas palavras… Esta correria a trás de não sei o k q q somos ensinados pk nascemos nesta cultura não me faz sentido nenhum. Não é assim q quero aproveitar esta curta passagem q é a nossa vida. E a vossa partilha de alguma maneira fez me acreditar e perceber q está ao nosso alcance ajudar, viajar, viver outras experiências, outras formas de estar, dar outro valor a tudo…. Fazendo voluntariado!!!! Este fim semana foi de limpezas e já tenho metade das tralhas a venda e em agosto conto ter a minha primeira experiência como voluntária no estrangeiro. Quem sabe nos encontremos. O projeto da sols cativou me e os vossos sorrisos e vivência aí em Timor tb. Estão a aceitar mais dois bracitos para trabalhar? Quem sabe nos encontremos! Obrigada e sejam Mt felizes

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s